No nosso recente comunicado da iniciativa “Future Foods”, assumimos o compromisso de reduzir para metade o desperdício alimentar nas nossas operações, da fábrica até ao ponto de venda, até 2025 - cinco anos antes da meta de 2030 do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

O nosso plano de ação acelerado foi alimentado pela urgência do que não é apenas uma crise humanitária, mas também ambiental e económica.

Agora estamos prontos para anunciar como estamos a conduzir uma mudança de amplo alcance além dos limites do nosso negócio e a combater a perda e desperdício alimentar em toda a cadeia alimentar. Nos próximos anos, o nosso focus será nas seguintes cinco áreas de ação:

  • Reduzir para metade o desperdício alimentar nas operações diretas desde o fabrico até colocação dos produtos no ponto de venda até 2025
  • Não fazer envio de resíduos para aterros e garantir que nenhum alimento bom para ser consumido seja destruído
  • Listar os principais fornecedores para seguirem a nossa liderança e combater a perda e o desperdício alimentar nas suas operações
  • Ajudar os nossos clientes do canal HORECA a evitar o desperdício alimentar por meio de parcerias e serviços e a encontrar maneiras de redistribuir os alimentos excedentes
  • Usar as nossas marcas para ajudar os nossos consumidores a desperdiçar menos alimentos em casa.

O custo do desperdício alimentar

Resolver o problema com parceiros de dentro para fora

Com estes objetivos esperamos construir um negócio mais sustentável e mostrar o que é possível.

Claro que sabemos que como um dos maiores fabricantes de alimentos do mundo, temos um papel a cumprir e que não o podemos fazer sozinhos. Para alcançar mudanças sustentáveis em escala, precisamos que os nossos parceiros da nossa complicada cadeia alimentar se juntem a nós, desde a produção e fabricação até à venda e consumo.

Aproveitar o poder da tecnologia, a formação e o pensamento inovador

A parceria será a chave do nosso sucesso. Ao usar as tecnologias mais inovadoras para combater o desperdício alimentar e associando-nos a organizações que redistribuem alimentos, bem como empresas e ONGs com ideias semelhantes, podemos fazer mudanças positivas em escala em toda a cadeia alimentar.

Aqui estão alguns exemplos do nosso pensamento em conjunto.

1. Ajudar a produção a utilizar o excedente

Cremissimo ice cream tub

A produção de alimentos pode resultar em excesso que muitas vezes vai para o lixo. Estamos a trabalhar arduamente nas nossas operações para garantir processos circulares que evitem a destruição de qualquer alimento.

A nossa equipa dos gelados Cremissimo encontrou uma maneira de recolher o gelado não usado no processo de produção principal e misturá-lo com uma deliciosa calda de chocolate e gotas de chocolate branco para criar um gelado.

Mais de 1,2 milhões de cubas de gelado Cremissimo Chocolate Hero foram vendidas até ao momento, representando uma redução de 160 toneladas - ou 300.000 cubas - de gelado por ano.

Para aumentar as credenciais ecológicas da marca, cada cuba é feita de plástico 100% reciclável e apresenta o novo rótulo de validade "Muitas vezes bom por mais tempo" da Too Good To Go - tornando o Cremissimo uma das primeiras marcas de gelados na Alemanha a apresentar este tipo de orientação para combater o desperdício alimentar.

2. Ajudar os retalhistas a vender alimentos “Too Good To Go”

Too good to go delivery

A parceria com o aplicativo pioneiro de combate ao desperdício alimentar da Too Good To Go deu aos nossos retalhistas e consumidores uma maneira vantajosa para enfrentar o desperdício alimentar. O conceito é simples. Os retalhistas publicam no aplicativo qualquer excedente alimentar que tenham no seu sistema a um preço significativamente reduzido. O produto aparece num mapa que mostra onde os consumidores o podem levantar.

A nossa parceria com a Too Good to Go proporciona vantagens para todos os envolvidos, fornecendo uma prova clara de quão eficaz uma estratégia de revenda pode ser. Os retalhistas beneficiam ao transformar uma potencial perda de receita em receita, os consumidores têm acesso a produtos de qualidade a preços de pechincha e nós, como organização, ganhamos uma maneira simples de preservar alimentos perfeitamente bons que, de outra forma, seriam desperdiçados.

Projetos piloto recentes na Bélgica e na França, por exemplo, proporcionaram aos consumidores a oportunidade de comprar gelado Ben & Jerry’s e Migros com validade quase vencida, Lipton ice tea e sopas Knorr por 70% do preço de venda recomendado.

“Oferecemos às empresas e aos consumidores uma oportunidade única de fazer algo de bom para o meio ambiente e, ao mesmo tempo, ter algo em troca”, afirma Mette Lykke, CEO da Too Good To Go.

3. Monitorizar as cozinhas profissionais com Inteligência Artificial

Man controlling food waste with technology

O desperdício em locais como restaurantes, hotéis e cafés, pode chegar a 50%. Mas a enorme rotatividade de alimentos nessas cozinhas profissionais significa que nem sempre é fácil ver o que está a ser desperdiçado ... ou o porquê.

A nossa parceria com a smart tech Orbisk, está a ajudar a resolver esse problema, oferecendo uma maneira simples de monitorizar o desperdício.

Uma vez instalada num caixote de lixo, a câmara inteligente Orbisk pode identificar precisamente que lixo, quanto e quando está a ser deitado fora, graças à sua tecnologia de IA.

Estas informações são compiladas num relatório online semanal que fornece aos chefs e gerentes uma visão vital que pode ajudá-los a planear melhor e desperdiçar menos. Os resultados foram impressionantes, com cozinhas profissionais nas quais o Orbisk foi instalado relatando uma economia média de 10kg de alimentos todos os dias.

‘É tão fácil”, diz Twan Hakvoort, dono de um restaurante, na Holanda. “Em meio segundo, a câmara tira uma foto da comida que é deitada fora. Reconhece até quais os alimentos e quanto está a ser desperdiçado. É o futuro da gestão de resíduos em restaurantes, hotéis e cafés.”

A parte realmente inteligente? Como o Orbisk é construído num sistema de inteligência artificial, quanto mais tempo o sistema opera no ambiente do cliente, melhor ele se torna na identificação de novos e diferentes tipos de resíduos, tornando os relatórios que gera cada vez mais perspicazes.

4. Ajudar consumidores a serem criativos com as sobras

Com mais de 40% da perda de alimentos vindo das residências dos consumidores, lidar com o problema do lixo doméstico é uma prioridade. Com este propósito, Hellmann’s comprometeu-se a inspirar e capacitar 100 milhões de consumidores todos os anos a serem mais engenhosos com a sua comida em casa e, assim, desperdiçar menos, até 2025.

Fornecer inspiração e soluções práticas tem estado no centro das campanhas da Hellmann’s, como Fridge Blindness no Brasil, #SobraSabor na Argentina ou #MixItUp no Reino Unido. Ao oferecer dicas e truques para transformar as sobras negligenciadas em deliciosas refeições, as campanhas resultaram não só em ajudar as pessoas a aproveitar ao máximo os alimentos que têm no frigorífico, mas também em desenvolver hábitos de consumo mais responsáveis.

Explorar mais sobre estes tópicos

Back to top

LIGUE-SE À UNILEVER

Estamos sempre à procura de ligação com aqueles que partilham o nosso interesse num futuro sustentável.

CONTACTE-NOS

Contacte a Unilever e equipas especialistas para encontrar contactos em todo o mundo.

Contacte-nos