1. Home
  2. Notícias
  3. Comunicados de Imprensa
  4. Nova comissão mundial coloca empresas no centro do desenvolvimento sustentável

Nova comissão mundial coloca empresas no centro do desenvolvimento sustentável

Janeiro 2016: No Forum Económico Mundial, em Davos é lançada a "Global Commission on Business and Sustainable Development" - cofundada pelo CEO da Unilever Paul Polman.

Não existem argumentos empresariais que defendam a manutenção da pobreza

Criada por Paul Polman e pelo antigo vice-secretário-geral da ONU, Mark Malloch-Brown, a Comissão de líderes empresariais, laborais e da sociedade civil visa incentivar as empresas a assumir a liderança na redução da pobreza e no desenvolvimento sustentável. Durante o próximo ano, esta comissão irá trabalhar no sentido de articular e quantificar a argumentação económica convincente para que as empresas participem na obtenção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (DPSs), também conhecidos como Metas Globais. Isto inclui:

www.businesscommission.org

  • Recompensas económicas significativas – através de novos mercados, oportunidades de investimento e inovações - se o mundo enfrentar os desafios da pobreza, da desigualdade e do stress ambiental
  • Riscos para o desempenho e estabilidade das empresas, e o aumento da fragmentação, competição por recursos e fragilidade, caso o mundo não consiga lidar com estes riscos
  • A necessidade de trabalhar com governos, organizações internacionais e a sociedade civil, por forma a construir um futuro onde as empresas possam atuar – com crescimento inclusivo, sustentável e criação de emprego generalizada.

A Comissão apresentará um relatório, no prazo de um ano, delineando novos modelos de negócio e financeiros, bem como oportunidades de mercado para empresas que estejam a investir em abordagens sustentáveis.

Paul Polman refere: "Não existe qualquer argumento empresarial que defenda a manutenção da pobreza. Temos uma oportunidade para desbloquear biliões de dólares através de novos mercados, investimentos e inovação. Mas para isso temos de desafiar as nossas práticas atuais e enfrentar a pobreza, a desigualdade e os desafios ambientais. Todas as empresas irão beneficiar por operar num mundo mais equitativo e resiliente, caso sejam alcançados os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

As empresas são a chave para acelerar a transição

Desde 2000, a pobreza extrema mundial reduziu para menos de metade. As empresas - que fornecem 60% do PIB, 80% dos fluxos de capital e 90% dos postos de trabalho nos países em desenvolvimento - têm sido fundamentais para esta história de sucesso, mas podem desempenhar um papel maior e mais construtivo na criação de crescimento e oportunidades de desenvolvimento.

https://www.unilever.com/sustainable-living/sustainable-living-news/news/There-is-no-business-case-for-enduring-poverty.html

A iniciativa tem como objetivo explorar modelos de negócio disruptivos atuais e futuros – compreendendo o seu significado para o desenvolvimento sustentável - e mapear os novos mecanismos de financiamento que o mundo irá necessitar para tingir os ODS. Irá investigar as alterações em operações chave das empresas, e os comportamentos que vão muito além da tradicional responsabilidade social corporativa e das parcerias voluntárias.

Como explica Mark Malloch-Brown: "Um prémio enorme aguarda as empresas se conduzirem [o mundo] com sucesso a uma era de prosperidade partilhada e de maior sustentabilidade. Os governos e as organizações internacionais só por si não podem construir o futuro que necessitamos. As empresas são a chave para acelerar a transição.”

Explorar mais sobre estes tópicos
Back to top