Toggle Pesquisar

  1. Home
  2. Vida sustentável
  3. Notícias mais recentes
  4. A nossa jornada de sustentabilidade: o quão longe chegámos?

A nossa jornada de sustentabilidade: o quão longe chegámos?

O nosso relatório anual de sustentabilidade mostra um crescimento do negócio, um progresso geral e convoca uma ação coletiva maior em prol de um futuro melhor.

Pequeno produtor de soja preta

O relatório mais recente do nosso progresso mostra que estamos a cumprir a maioria dos ambiciosos objetivos do Plano de Sustentabilidade da Unilever (USLP) – e convoca para uma ação mais coletiva a fim de superar os maiores desafios que a nossa empresa e o mundo enfrentam.

Forte desempenho em sustentabilidade vinculado ao crescimento

O relatório “Mobilizar a Ação Coletiva”, o nosso Resumo do Progresso do Plano de Sustentabilidade da Unilever em 2015 (em inglês), relata os ambiciosos objetivos que definimos para nós mesmos quando incorporámos o USLP no nosso modelo de negócio, no ano de 2010.

O documento destaca as formas pelas quais acreditamos que o USLP está a agregar valor para nossa empresa, bem como para a sociedade e o meio ambiente, ao promover crescimento, construir confiança, reduzir riscos e baixar custos. Marcas “sustentáveis” como Knorr, Dove, SKIP, Lipton e Hellmann's, cujos produtos estão diretamente vinculados a uma finalidade sustentável e que contribuem para os objetivos do PSU, foram responsáveis por quase metade do crescimento da Unilever em 2015 – e cresceram mais rapidamente do que o restante do negócio.

As nossas operações no rumo certo – mas grandes desafios permanecem

O relatório mostrou um forte desempenho em relação às metas de sustentabilidade que estão sob o nosso controlo direto. Ajudámos mais de 480 milhões de pessoas a adotar ações para melhorar a sua saúde e o seu bem-estar, e melhorámos as condições de vida das pessoas por meio de emprego, formação e promoção dos direitos humanos.

Também reduzimos os impactos ambientais das nossas operações. Em comparação com 2008, em 2015, as fábricas da Unilever enviaram menos 97% resíduos totais para eliminação, emitiram menos 39% CO2 proveniente de energia e captaram menos 37% água por tonelada de produção.

No entanto, tem-se mostrado difícil reduzir o impacto ambiental resultante do uso dos nossos produtos pelo consumidor após saírem das nossas fábricas. Embora o resíduo associado à eliminação dos nossos produtos pelo consumidor tenha caído em 29% desde 2010, o consumo de água associado ao uso pelo consumidor caiu somente cerca de 1%, e o impacto dos gases com efeito de estufa relacionado com esse uso aumentou aproximadamente 6%.

Abordagens inovadoras – e a necessidade de uma ação coletiva

Estamos a adotar estratégias inovadoras para abordar essas questões. No entanto, a mudança de comportamento do consumidor, além de desafios mais abrangentes, incluindo a mudança climática e a crescente desigualdade, exigem uma urgente ação coletiva a nível global. Estamos a trabalhar com a comunidade global para ampliar o progresso realizado em 2015 por meio dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e do Acordo de Paris sobre as alterações climáticas.

“Existem oportunidades imensas para aqueles que se comprometerem a agir...”

Descrevendo o ano de 2015 como um “ano fantástico para a humanidade e o planeta”, o CEO da Unilever, Paul Polman, disse que modelos de negócio sustentáveis continuam a ser não só relevantes como essenciais.

Paul afirmou que: “Iniciando agora o seu sexto ano, o USLP está a provar que não se pode escolher entre sustentabilidade e crescimento lucrativo. O plano também nos está a ajudar a economizar custos, a promover a inovação e a recrutar e reter os melhores talentos.”

“De facto, existem oportunidades imensas para aqueles que se comprometerem a agir. Não existe um plano de negócios para resistir à pobreza e às descontroladas alterações climáticas.”

Todos temos um papel a desempenhar na construção de um futuro melhor. Qual é o seu papel? Compartilhe a sua opinião com a hashtag #acaocoletiva

Back to top