Toggle Pesquisar

O Plano de Sustentabilidade Unilever para

Negócio inclusivo

Negócio inclusivo

Além da criação direta de riqueza e trabalhos, a nossa empresa apoia - e depende de - milhões de pessoas que cultivam, produzem e vendem os nossos produtos.

Fazer uma diferença real e positiva nas suas vidas é uma das nossas maiores oportunidades para alargar e aprofundar o nosso impacto social positivo - e para fortalecer a sustentabilidade do nosso negócio a longo prazo.

O nosso alcance, escala… e oportunidade

Para além das instalações de produção onde fazemos os nossos produtos existe uma rede de milhões de pessoas que contribuem para o nosso sucesso, e que beneficiam da sua relação com a Unilever. Quer estejam entre os pequenos agricultores a quem indiretamente adquirimos ingredientes através dos nossos fornecedores, ou entre os pequenos retalhistas que trazem os nossos produtos a consumidores novos e existentes, acreditamos que melhorar as suas capacidades e oportunidades pode fortalecê-los, e às suas comunidades, de formas que contribuam para um futuro mais sustentável.

Simultaneamente, uma abordagem inclusiva a estas redes faz um forte sentido para o negócio. Ajuda a assegurar o nosso abastecimento essencial, amplia os mercados para os nossos produtos, e aumenta a resiliência para o nosso modelo de negócio num mundo de incertezas.

O nosso compromisso

Até 2020, iremos causar um impacto positivo nas vidas de 5.5 milhões de pessoas através da melhoria dos meios de subsistência de pequenos agricultores, nos rendimentos de pequenos retalhistas, e através do aumento da participação de jovens empreendedores na nossa cadeia de valor.

A nossa estratégia


Pretendemos contribuir para o bem-estar económico através da criação de riqueza, do emprego, melhoria de competências, e acesso aos mercados - um ciclo virtuoso de crescimento vinculado ao nosso negócio. Por sua vez, estamos a contribuir para diversas Objetivos Globais de Desenvolvimento Sustentável da ONU tais como: Meta 1 - Erradicação da Pobreza; Meta 2 - Erradicação da Fome; Meta 8 - Trabalho Condigno e Crescimento Económico; Meta 9 - Indústria, Inovação e Infraestrutura; e Meta 10 - Redução das Desigualdades.

Simultaneamente, sabemos que trabalhar com partes específicas das nossas redes de abastecimento e distribuição cria oportunidades para melhorar os meios de subsistência de variadas formas - incluindo através da promoção de práticas agrícolas sustentáveis, do empoderamento feminino, da melhoria dos direitos humanos e justiça no local de trabalho, e melhoria da saúde e nutrição.

Frequentemente podemos causar o maior impacto através do trabalho em parceria, incluindo através do foco nas questões transformacionais necessárias para fomentar a mudança nos sistemas onde os pequenos agricultores e pequenos retalhistas operam.

Inclusive business pillar
Melhorar as condições de vida de pequenos agricultores

De acordo com o Banco Mundial, apoiar a pequena agricultura é o modo mais eficaz de estimular o desenvolvimento económico e reduzir a pobreza.

Executámos programas que pretendem melhorar as vidas de pequenos agricultores de uma grande variedade de formas, mas a melhoria das práticas agrícolas continua a estar no cerne dos nossos esforços. Isto fortalece a relação entre o sucesso do nosso negócio e o bem-estar económico e social dos pequenos agricultores e das suas comunidades. A nossa estratégia 'Melhorar Vidas' para pequenos agricultores promove:

  • a disponibilização de acesso equitativo e fiável ao mercado, tornando as nossas cadeias de valor transparentes e estabelecendo parcerias de longo prazo
  • intervenções que ajudam pequenos agricultores e as suas comunidades a melhorar as práticas agrícolas, capacidades de negócio e competências para a vida
  • a capacidade económica das mulheres, e apoia a alteração das dinâmicas das explorações agrícolas para melhorar as suas posições e bem-estar
  • jovens empreendedores agrícolas para tornar as cadeias de valor rurais mais atrativas para as gerações futuras.

"Aqueles que habitualmente vivem em pobreza extrema são aqueles que vivem em pequenas quintas. Apoiar os pequenos agricultores para melhorarem a produtividade das suas colheitas e, por consequência, os seus rendimentos, pode desenvolver a resiliência das comunidades de pequenos agricultores, tornando-as economicamente mais fortes e estáveis, e assim ajudando a salvaguardar uma cadeia de abastecimento segura para o futuro."

Paul Polman, CEO Unilever

Modelos de distribuição inclusivos

As nossas redes de distribuição são uma parte vital da nossa cadeia de valor, trazendo os nossos produtos para os consumidores. Elas oferecem-nos uma oportunidade importante para melhorar meios de subsistência e fomentar o crescimento económico, porque envolvem muitos distribuidores e retalhistas de pequena dimensão, incluindo jovens empreendedores.

Nós empoderamos pequenos retalhistas e jovens empreendedores com oportunidades de formação, trabalho e empreendedorismo. Por sua vez, eles tornam-se embaixadores da Unilever e das nossas marcas por todo o mundo, e ajudam-nos a alcançar os nossos consumidores através de novas rotas para o mercado.

Progressos até à data

Em 2016 permitimos que cerca de 650,000 pequenos agricultores e 1.5 milhões de pequenos retalhistas acedessem a iniciativas com o objetivo de melhorar as suas práticas agrícolas ou aumentar os seus rendimentos.Ж Φ

Ж Cerca de 300,000 mulheres acederam a iniciativas no âmbito dos pilares Negócio Inclusivo e Oportunidades para Mulheres, em 2016.
Φ Registado entre 1 outubro – 30 setembro.

Desafios futuros

Apesar de termos feito bons progressos na melhoria das práticas agrícolas de muitos dos nossos pequenos agricultores através de programas de certificação, o desafio é oferecer provas do impacto que se prolonga além das práticas agrícolas, em áreas como a saúde e a nutrição.

Necessitamos também de ampliar intervenções para apoiar diretamente pequenos agricultores em outras culturas de bens, nomeadamente no óleo de palma. A atualização da nossa Política de Origens Sustentáveis do Óleo de Palma reafirma o nosso compromisso na construção de uma cadeia de abastecimento mais inclusiva para os pequenos proprietários e estamos comprometidos em efetuar parcerias no setor para tornar isto realidade.

Mudança transformacional - Descubra como estamos a fomentar a mudança transformacional através da eliminação da desflorestação, da defesa do papel da mulher, do apoio à agricultura sustentável e aos pequenos agricultores, e a melhorar a água, saneamento e higiene.


Expanda para saber mais sobre Negócio inclusivo

Metas e performance

Integradas no pilar de Negócio Inclusivo do nosso Plano de Sustentabilidade Unilever, definimos metas ambiciosas para causar um impacto positivo nas vidas de 5.5 milhões de pessoas.

Negócio inclusivo
O nosso compromisso

Até 2020, iremos causar um impacto positivo nas vidas de 5.5 milhões de pessoas através da melhoria dos meios de subsistência de pequenos agricultores, nos rendimentos de pequenos retalhistas, e através do aumento da participação de jovens empreendedores na nossa cadeia de valor.

A nossa performance

Em 2016 permitimos que cerca de 650,000 pequenos agricultores e 1.5 milhões de pequenos retalhistas acedessem a iniciativas com o objetivo de melhorar as suas práticas agrícolas ou aumentar os seus rendimentos. Ж Φ

A Nossa Perspetiva

Em 2016 permitimos que cerca de 1.5 milhões de pequenos retalhistas na nossa rede de distribuição acedessem a iniciativas com o objetivo de aumentar os seus rendimentos, principalmente através da Perfect Store na Índia, Indonésia, Paquistão, Filipinas, Tailândia, Turquia e Vietname. Devido à introdução de medidas mais rigorosas para que as lojas fossem consideradas em conformidade, este número desceu dos 1.8 registados em 2015.

Não relatamos todas as iniciativas de pequenos retalhistas devido à indisponibilidade de informação e questões de qualidade. Por exemplo, a Perfect Store está presente em mais de 50 mercados mas apenas estamos atualmente a relatar acerca de 7 dos maiores mercados - que constituem cerca de 80% dos pequenos retalhistas globais. Estamos a procurar modos de abordar este desafio sobre os relatórios.

Através do nosso compromisso com as origens sustentáveis - em particular no cacau, chá, óleo de palma, baunilha e legumes - estamos a fortalecer a pequena agricultura e a efetuar bons progressos em direção à nossa meta para 2020. Através do trabalho com os nossos parceiros, permitimos que cerca de 650,000 pequenos agricultores acedessem a iniciativas orientadas para a melhoria das suas práticas agrícolas.

Ж Em 2016, cerca de 300,000 mulheres tiveram acesso a iniciativas sob os pilares Negócio Inclusivo e Oportunidades para Mulheres.

Φ Registado entre 1 outubro – 30 setembro.


  • Alcançado

  • Dentro do plano

  • Fora do plano

  • %

    do objetivo alcançado

Legenda
  • Alcançado

  • Dentro do plano

  • Fora do plano

  • %

    do objetivo alcançado

As nossas metas

Consulte por favor Certificação Independente para obter mais informação sobre o nosso programa de certificação em todo o Plano de Sustentabilidade Unilever.

Melhorar os meios de subsistência de pequenos agricultores

A nossa meta é interagir com pelo menos 500,000 pequenos agricultores na nossa rede de abastecimento. Iremos ajudá-los a melhorar as suas práticas agrícolas e desse modo permitir que se tornem mais competitivos. Com isto iremos melhorar a sua qualidade de vida.

Em 2016 permitimos que cerca de 650,000 pequenos agricultores acedessem a iniciativas com o objetivo de melhorar as suas práticas agrícolas.


A Nossa Perspetiva

Além de permitir que cerca de 650,000 pequenos agricultores tenham acesso a iniciativas com o objetivo de melhorar as suas práticas agrícolas, mapeámos também a nossa pegada de pequenos agricultores e de programas de apoio. Compreender o nosso alcance ajuda-nos a visar os materiais agrícolas que adquirimos em maior volume e consequentemente onde podemos causar o maior impacto.

Acreditamos no poder das parcerias para criar mudança sistémica. Estamos sempre à procura de construir alianças estratégicas para aumentar o nosso impacto social e ambiental, em especial para os pequenos agricultores.

Em 2016, várias novas parcerias e programas empolgantes viram a luz do dia. Por exemplo, através da nossa parceria com a Oxfam e a Ford Foundation por via do Enhancing Livelihoods Fund (ELF) temos estado a fortalecer comunidades na cadeia de abastecimento de vetiver no Haiti e no setor dos pepinos para pickles na Índia, através de projetos co-financiados com o objetivo de melhorar os meios de subsistência de pequenos agricultores, trabalhadores e as suas comunidades.

Melhorar os rendimentos de pequenos retalhistas

Iremos criar e melhorar os rendimentos de 5 milhões de pequenos retalhistas na nossa rede de distribuição.

Continuamos a construir a rede de distribuição dos nossos pequenos retalhistas apesar de ter sido registada uma quebra na performance geral.


A Nossa Perspetiva

Cerca de 1.5 milhões de pequenos retalhistas na nossa rede de distribuição estão a aceder à nossa iniciativa Perfect Store, que pretende aumentar os seus rendimentos. O número de pequenos retalhistas sofreu uma quebra dos 1.8 milhões registados em 2015 no seguimento de uma alteração na dimensão das lojas que podem beneficiar do programa Perfect Store na Índia. 

Oferecemos a estes retalhistas oportunidades para crescerem os seus negócios e introduzir os nossos bens de marcas de qualidade em mercados maioritariamente rurais. Desenvolvendo o nosso programa Perfect Store, a nossa iniciativa Perfect Village continua a crescer, abordando a comunidade de modo holístico, trabalhando com os consumidores e pequenos retalhistas para melhorar a saúde, higiene e nutrição em aldeias.

Continuamos a expandir o nosso programa Shakti além da Índia para outros mercados em desenvolvimento e emergentes.

Aumentar a participação de jovens empreendedores na nossa cadeia de valor

Iremos aumentar a participação de jovens empreendedores na nossa cadeia de valor.

Iremos formar e permitir que os jovens participem globalmente no setor de atividade agrícola e nos canais de distribuição das nossas marcas aos mercados.

Iremos continuar a ajudar os jovens através da nossa cadeia de abastecimento agrícola e canais de distribuição.


A Nossa Perspetiva

Várias das nossas parcerias estão a beneficiar jovens. Por exemplo no Gana, executamos um programa piloto para melhorar a literacia financeira e social de jovens agricultores de cacau. No Egito criámos uma rede de micro distribuição de vendedores, denominada Safeer, muitos dos quais estavam previamente desempregados. Entretanto, no Bangladesh, a nossa iniciativa embaixadora rural (Pollydut) tem estado em funcionamento há mais de uma década e está a ajudar jovens desempregados a regressarem ao trabalho através da comercialização das nossas marcas em comunidades rurais.

Back to top